Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

»

«

 

 

Como foi a inauguração da exposição ‹‹Sonhar com as mãos››

6. ML D-17 3. À mesa E-15e 8. Mulher cor D-22

Na passada quinta-feira, dia 29 de Setembro, assinalámos os 2 anos de abertura ao público da Casa da Achada-Centro Mário Dionísio com a inauguração de uma nova exposição: Sonhar com as mãos – O desenho na obra de Mário Dionísio.

Às 18h30, piscando o olho ao título da exposição, o coro da Achada cantou «Mãos», uma canção com música de Pedro Rodrigues e letra de Regina Guimarães, que a fez há uns meses propositadamente para o coro.

2-aniversaio-ED 2-aniversario-PL 2-aniversario-coro

Falou depois Eduarda Dionísio, que contou um pouco do caminho que trilhámos nestes dois anos – um caminho tão cheio de actividades e questões que não pode ser resumido nuns minutos. Anunciou que a página electrónica do Centro Mário Dionísio foi alterada para mais facilmente se encontrarem as informações acerca da casa e das sessões programadas. Por fim, apresentou a nova exposição e o seu catálogo e passou a palavra à curadora, Paula Ribeiro Lobo.

sonhar_final Capa Ficha 3 copy capa separata copy

O coro voltou depois a cantar várias canções, umas com letra de Mário Dionísio, outras com letras de outros e em várias línguas. No fim, houve petiscos e bebidas e puderam todos ver com mais calma as duas exposições – a de desenhos (na Zona Pública) e a que dava conta de tudo o que o centro Mário Dionísio fez durante este último ano (na varanda) – e as três edições lançadas no dia – o catálogo Sonhar com as mãos, a Ficha nº 3 (boletim da Casa da Achada) e o primeiro disco do coro da Achada.
.

Deixe um comentário

 

voltar às notícias

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2017