Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

»

«

 

 

Dezembro, presentes com um pé no futuro!

Este ano, o fim-de-semana «diferente» que costuma acontecer na Casa da Achada nas vésperas das festas, estendeu-se por todo o mês de Dezembro. Decidimos que o vírus não iria encostar-nos e demos-lhe a volta, prolongando por vários dias o que habitualmente fazemos em dois ou três. Estivemos presentes com um pé no futuro!

O pretexto da quadra serviu para ajudar a Casa da Achada – Centro Mário Dionísio a ficar aqui por mais uns tempos: havia presentinhos para todos os gostos – livros, calendários, crachás, até coisas doces! Todos presentes com um pé no futuro.

Iniciámos o mês com o lançamento do crowdfunding (que ainda vai decorrer até dia 2 Fevereiro de 2021) para realizar um espectáculo chamado «A Kantata do Tecto Incerto» onde se quer dar voz a quem a não tem para que cante o seu direito a ter casa.

Depois do lançamento, aproveitamos para conversar sobre os problemas ligados à habitação com Ana Gago (HABITA) e João Eça (STOP DESPEJOS).

Podem ver aqui alguns testemunhos sobre a importância de falar destes temas e de realizar este projecto artístico:

  1. https://www.youtube.com/watch?v=oDu49tyUTcg
  2. https://www.youtube.com/watch?v=I6X8jYTjg88
  3. https://www.youtube.com/watch?v=HdXP57XulLE

Também no Ouvido de Tísico do mês falou-se de histórias de habitação entre músicas e palavras…

Em dois fins-de-semana, em duas manhãs de pré-confinamento, tivemos duas oficinas de pintura para crianças até aos 10 anos em que, a partir dos quadros de Van Gogh, demos azo à imaginação e tivemos oportunidade de aprender diferentes técnicas de pintura com Cristina Basto.

No dia 10 de Dezembro, no âmbito do Ciclo dedicado a Van Gogh – que sonhou de fazer uma cooperativa de pintores – organizamos uma conversa/debate com vários colectivos das artes para falarmos dos porquês de se juntarem. Ouvimos as vozes de: Oficina do Cego, Toupeiras, Pizz-Buin e outros…

No dia 11, Sara Barbosa veio fazer uma sessão de «Estes livros por alguma razão» e falou e do livro de poesia «Um dia e outro dia…» de Irene Lisboa com várias incursões na obra de Mário Dionísio.

No dia 18 de Dezembro houve o lançamento do livro «AQUI ESTAMOS LADO A LADO, COMO SEMPRE. E ASSIM CONTINUAREMOS – JOAQUIM NAMORADO E MÁRIO DIONÍSIO: CORRESPONDÊNCIA» editado pela Lápis de Memórias e pela Casa da Achada – Centro Mário Dionísio. Houve apresentação de António Pedro Pita – que organizou o volume e escreveu as notas – em conversa com Eduarda Dionísio.

E não faltou uma pequena actuação do coro da Achada, com três canções de Lopes-Graça com poemas de Mário Dionísio e Joaquim Namorado.

O livro está à venda na Casa da Achada. Pode ser comprado também por encomenda aqui ou escrevendo para: centromariodionisio@gmail.com

Continuaram também as actividades regulares da Casa: o ciclo de cinema dedicado a Van Gogh e outros pintores (mudou o horário para as 20h30 por causa do recolher obrigatório às 23h), as leituras d’«A Paleta e o Mundo» (todas as Segundas às 18h30) e os Leitores Achados (que este mês leram, em videochamada, o conto «Entre profissionais» de Mário Dionísio).

A exposição continua aberta e visitável nos seguintes horários: segunda e sexta-feira das 15h às 20h e sábado das 10h às 13h.

Deixe um comentário

 

voltar às notícias

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2020