Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

»

«

 

 

COM UM V NA VOLTA – Concertos

Na passada sexta-feira, dia 30 de Janeiro, novos e velhos amigos juntaram-se, na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, para lembrar lembrar o Maçariku, teimando – como ele – na construção de outra cultura, de partilha, liberdade e resistência.

O Coro da Achada preparou uma canção dos Sitiados, «Soldado»; os Peste & Sida lembraram os concertos no Palmeiras e o Movimento Tropa Não!, as dUAS sEMI cOLCHEIAS iNVERTIDAS mostraram como se faz um concerto de vontades ruidosas, uma parte das Cramol lançou canções da plateia, amigos juntaram-se para fazer No Mínimo K, com canções e situações do Maçariku, Ernestro Rodrigues e amigos juntaram-se à Margarida Guia para improvisarem, a Margarida Guia depois juntou-se ao João Paulo Esteves da Silva para novas improvisações, e a Diana Dionísio, o João Morais, o Rui Lucena e o Filipe Brito tocaram canções que lembravam o Maçariku: «Era de noite e levaram» de José Afonso, «Eh! Companheiro» de José Mário Branco, «Lua» dos Lulu Blind e «Adivinha» dos Sitiados.

Deixe um comentário

 

voltar às notícias

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2017