Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

»

«

 

 

Um novo ciclo de cinema: Cinema e Pintura

Cartaz cinema e pintura

Há relações estreitas entre Cinema e Pintura, mesmo que não pensemos muito nelas. Fazer um quadro e fazer um plano têm coisas em comum.
E, além disso, muitos filmes (e muito variados) pegam no pintar, em pintores, em pinturas – no seu fabrico, na sua circulação e utilização – como assunto.
Era impossível na Casa da Achada – Centro Mário Dionísio não se organizar um ciclo sobre Cinema e Pintura, quando Mário Dionísio foi pintor, escreveu sobre pintura e viu muito cinema, quando a sala onde se projectam os filmes está cobertura de pinturas, quando todas as semanas há no mesmo espaço sessões de leitura de A Paleta e o Mundo, obra muito extensa sobre pintura, escrita por Mário Dionísio.
Neste primeiro ciclo (haverá outros) apresentaremos apenas filmes (e poderiam ser outros) com narração e ficção, feitas das mais diversas maneiras, ao longo de meio século, uns com a pintura (e os pintores) muito à vista e outros menos. Para mais tarde ficarão os documentários.
Por acaso ou talvez não, começamos com van Gogh e terminaremos com ele, filmado mais de trinta anos depois e noutras terras. Van Gogh que Mário Dionísio descobriu nos anos 40 e sobre o qual muito escreveu.

Como sempre todos os filmes são apresentados e é distribuída uma folha de sala.

Programa:

Programa Cinema e Pintura

Segunda-feira, 3 de Janeiro às 21h30
A vida apaixonada de van Gogh

de Vicente Minelli (1956, 122 min.)

Segunda-feira, 10 de Janeiro às 21h30
Paixão

de Jean-Luc Godard (1982, 88 min.)

Segunda-feira, 17 de Janeiro às 21h30
Andrei Rublev

de Andrei Tarkovski (1966, 165 min.)

Segunda-feira, 24 de Janeiro às 21h30
F for fake

de Orson Welles (Verdades e mentiras, 1974, 80 min.)

Segunda-feira, 31 de Janeiro às 21h30
Decameron
de Pier Paolo Pasolini (1974, 80 min.)

Segunda-feira, 7 de Fevereiro às 21h30
Cinco mulheres à volta de Utamaro
de Kenzo Mizoguchi (1946, 106 min.)

Segunda-feira, 14 de Fevereiro às 21h30
Goya
de Carlos Saura (1999, 107 min.)

Segunda-feira, 21 de Fevereiro às 21h30
L’hypothèse du tableau volé
de Raoul Riz (1979, 66 min.)

Segunda-feira, 28 de Fevereiro às 21h30
O sol do marmeleiro

de Victor Erice (1992, 133 min.)

Segunda-feira, 7 de Março às 21h30
A bela impertinente

de Jacques Rivette (1991, 236 min.)

Segunda-feira, 14 de Março às 21h30
O vagabundo de Montparnasse

de Jacques Becker (1958, 108 min.)

Segunda-feira, 21 de Março às 21h30
Moulin Rouge

de John Huston (1952, 119 min.)

Segunda-feira, 28 de Março às 21h30
Life Lessons

de Martin Scorsese (episódio de Histórias de Nova Iorque, 1989, 45 min.)
Corvos
de Akira Kurosawa (episódio de Sonhos, 1989, 10 min.)

Deixe um comentário

 

voltar às notícias

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2017